home |
Atualizações quinzenais às quintas-feiras
   
  Reportagem    
      Crítica de mídia: Quem não deve, não teme!    
      “A imprensa tomou para si o papel de monitorar, fiscalizar, cobrar, enfim, manter as condições de existência de uma democracia. Logo, como quarto poder, assumiu uma responsabilidade difícil, mas necessária para o bom andamento da sociedade.”


   
     
   
     
Além dos fatos
Jogo Aberto
O quinto poder
Impresso em foco Canal da Imprensa
Ponto com os leitores
Como tudo começou
   
 
alÉm dos fatos "É necessária a preparação da juventude para responder e criticar os produtos midiáticos"
 
FormaÇÃo universitÁria
 
Ombudsman...
 
VeÍculos de critica
 
  Nada de fantoches   O que é isso?   O quinto poder  
  Lêda Maria   Paulo Mondego   Allan Novaes  
             
  Responsabilidade Social   Leitores   PrÁtica x Teoria  
  Conversa franca com a mídia   Quando ler não é o bastante   Utopia necessária  
  Dayse Bezerra   Giancarlo Sorvillo   Danúbia Guimarães  
         
  Folha de S.Paulo  
  O pequeno Davi e o gigante Golias  
     
  O Povo  
  Ponto com os leitores  
     
  Revista Imprensa  
  Paladino da verdade  
     
  Erramos  
  Por trás de um jornal, um leitor  
 
  ObservatÓrio da Imprensa  
  O jogo invencível  
     
  Monitor de mÍdia  
  A imprensa como ela é  
     
  ObservatÓrio Brasileiro de Mídia  
  Integrante do "quinto poder"  
     
  SOS Imprensa  
  Superobservador  
     
  MÍdia sem máscara  
  Vigia do próprio ninho  
     
  Blogs  
  Ombudsman é você  
 
  TVs educativas  
  Educando a “nova” babá  
     
  ObservatÓrio da Imprensa na TV  
  Sorria: Você está sendo Observado !  
     
"A mídia ainda resiste à autocrítica"

Rogério Christofoletti – criador do site Monitor de Mídia e coordenador da Rede Nacional de Observatórios de Imprensa (Renoi).

“Temos um longo caminho pela frente e uma mídia que carece de um olhar mais atento e crítico. (...) Precisamos melhorar nosso jornalismo e a comunicação de um modo geral. É uma questão de justiça social, de cidadania, de direitos humanos. Também é uma questão de qualidade de produtos e de ética profissional. Puxa! Há muita coisa em jogo."

 
 

Justiça constrangida

 
 

“Dedo duro”

 
  “Ressuscitando” o DIP  
  Troca-troca  
   
  Esse espaço, leitor, existe para você! Fique por dentro do próximo tema – é só dar uma olhada logo abaixo, na seção “O que vem por aí” – e envie seu artigo, reportagem, crônica ou texto para:
 
 
  Livros  
     
  A imprensa em questão, de Alberto Dines , Carlos Vogt , Jose Marques de Melo  
  "As propostas levantadas em Imprensa em Questão deveriam ser estudadas para que a imprensa do Brasil esteja nas mãos seguras de críticos leais."  
     
   
identidade nostalgia
     
  Alberto Dines  
  Memória do observador  
     
  Canal da Imprensa  
  Como tudo começou  
     
  ObservatÓrio da Imprensa  
  O espetáculo da opinião pública  
 
     
  Em nome da responsabilidade social da mídia  
  Luiz Martins e Fernando Paulino  
     
  Jornalismo, a pesquisa e o ensino  
  Victor Gentilli  
     
  A universidade na rede de observatórios  
  Josenildo Luiz Guerra  
 
  Curso de Português aplicado a textos jornalísticos  
     
  Encontro Internacional África Brasil  
     
  I Encontro Paulista de Professores de Jornalismo  
     
  II Congresso Mundial de Jornalismo e Comunicação  
 
A ida do homem à Lua é apenas uma criação cinematográfica? Os EUA querem mesmo tomar a Amazônia? O atentado de 11/09 foi armação do presidente George W. Bush? Encontre as respostas para essas e outras perguntas insólitas na próxima edição do Canal – teorias de conspiração. Descubra o fato por trás das histórias inventadas (ou aumentadas) pela mídia e que ainda alimentam a imaginação de milhões de pessoas em todo o mundo. Não perca a próxima edição!
 
 
 

"Desde a primeira edição foram feitos 1001 artigos, 25 reportagens, 64 entrevistas com personalidades e/ou profissionais da mídia, 79 resenhas de livros, 44 resenhas de filmes e duas críticas de peças teatrais - números que estão distri-buídos em 48 edições."

 
 

 
 
 

“Quero frisar, ain- da, o cuidado que devemos ter no exercício do jornalismo opi-nativo. Mesmo que todos te-nham apedrejado a Geni, nós, como futuros profissio-nais, temos de ter o zelo su-ficiente para cuidar com a ‘crítica pela crítica'. Olha que até pra bater em ca-chorro morto é preciso cautela, originalidade e bom senso.“

 
   
   
 

...todos os jornais tivessem ombudsman?

“O ano é 2009. O governo do Brasil deu um basta na situação decadente dos jor-nais impressos. Foi promul-gada uma lei que obrigava a presença de um ombudsman em cada redação do País. Mal sabiam os mortais que esta decisão transformaria o Brasil numa espécie de paraíso.”

 
"A mídia está enviando a seguinte mensagem: So- mos onipotentes e faze- mos seu silêncio falar. Portanto fale de uma vez."
 
MARILENA CHAUÍ, em carta ende-reçada aos alunos da USP, na qual dá satisfações a respeito de seu comportamento silente diante do escândalo do mensalão.
FONTE: Folha Online
 
é o número de cursos de Jornalismo existentes no Brasil até o ano 2000

é o número de cursos de Jornalismo do país até o ano 2003
cursos apenas, em todo o Brasil, trabalham com crítica de mídia envolvendo alunos e professores
FONTE: INEP